A chave da porta da frente

O primeiro gole de cerveja
O cochilo no sofá, no meio da tarde
Os pés secos depois da chuva
O ponto final do texto
O último momento antes de entrar no sono
O abajur acesso na madrugada
A luz refletindo no corpo e formando um arco-íris
O cheiro de protetor solar
A foto antiga que revela o tempo que passou
A faísca que explode na cabeça quando você descobre algo novo
O olhar demorado que se dissipa
As bolhas de sabão dentro do box
A risada escondida
O choro abafado no ombro
O beijo que acorda
A taça de vinho no chão de taco da sala
O sol da manhã
Onda que quebra na canela
O vento na janela do carro
A música que representou uma época e agora é tipo um amigo que você sente saudade
Cheiro de bolo ficando pronto
Raio de sol entrando pela fresta da janela

Se a felicidade está nos pequenos detalhes, eu escolho o barulho da chave na fechadura quando você chega em casa.

 

Marcela Picanço

Criadora e editora do De Repente dá Certo! Este blog é um mapa de onde minha imaginação foi. Agora, o caminho é de vocês. Sejam bem-vindos! Pra saber mais é só clicar ali em cima no: "Quem escreve essas coisas?"